Retiro de Carnaval Palotino de 2018 – Itaperuna

Retiro de Carnaval Palotino de 2018 – Itaperuna

Neste Retiro de Carnaval, em Eugênopolis, realizado pelas paróquias: Santa Rita de Cássia, São Benedito e Nossa Senhora do Rosário de Fátima, foi trabalhado a proposta do Ano do Laicato com o tema: Cristãos leigos e leigas, sujeitos na “Igreja em saída”, a serviço do Reino. E com o lema: Sal da Terra e Luz do Mundo (Mt 5,13-14). Cerca de 120 jovens, acolheram o chamado para estar esses dias 4 dias em louvor e a adoração a Deus. 

Não há como propor que sejamos santos, Sal da Terra e Luz do Mundo, sem apresentarmos o caminho da cruz e o caminho de renúncia. Logo, a proposta da Via-Sacra (que é realizada há 10 anos no retiro), levou a todos a compreender o preço de ser Sal da Terra e Luz do Mundo.

Fomos convidados a mergulhar nos mistérios dolorosos de Nosso Senhor rumo ao Calvário. Tomamos uma cruz e percorremos um caminho estreito. Muitos se renderam e desistiram de trilhar nosso pequeno trajeto, rumo ao alto de um morro.

Jesus foi condenado à morte, não tinha aparência de homem, foi desfigurado e chagado. Nosso Senhor caiu, foi despojado de suas vestes, abandonado por muitos que outrora, estavam presentes em momentos de milagres e prodígios. Tudo suportou Nosso Senhor em silêncio. "Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca." (Is 53, 7)



Inspirada e movida por amor a Nosso Senhor, viveu Santa Rita de Cássia (1381—1457). Desejava ser crucificada com Jesus, ou seja, sofrer o que Ele sofreu e viver como Ele viveu! E assim o Senhor a concedeu esta graça do sofrer e em silêncio tudo suportar por amor!


Como ela devemos reconhecer o valor do sofrimento e ter a consciência de que somos estrangeiros nesta Terra e de que nossa pátria é o Céu. E bem conhecemos esse caminho, sabemos que nada precisamos levar pela estrada, pois em Jesus, somos saciados! 


É crucial neste tempo quaresmal fazer a experiência do santo silêncio, a experiência do Calvário, a experiência do deserto, do jejum e da oração, como fez Santa Rita e os demais Santos de nossa Igreja, que morrendo com Cristo, reviveram com Ele!


É necessário pedir o auxílio da Virgem Dolorosa, que muito bem soube viver conforme a vontade do Pai. Assim como Ela esteve presente no Calvário de Jesus, Ela estará ao lado de todos que desejarem passar pela gólgota, rumo ao Céu! 

Eis a Via-Sacra! Via-Dolorosa que o Amor seguiu e que a seu exemplo, devemos viver. Caminho de renúncia, caminho de penitência, caminho de amor e caminho do Céu!  Sejamos Sal e sejamos Luz!


Lara Nunes
Paróquia Santa Rita de Cássia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre a causa dos santos da família palotina

O melhor... e o pior de mim