Postagens

Mostrando postagens de 2015

Carta de Natal do Padre Geral | Pe. Jacob Nompudakam, SAC

Imagem
Societas Apostolatus Catholici PALLOTTINI RECTOR GENERALIS Roma, Natal de 2015


aros amigos, saúde e paz da Casa Generalícia de Roma! Para os augúrios natalinos deste ano, gostaria de convidar a todos os membros da Família Palotina a contemplarem o Mistério da Encarnação, na companhia de Maria.
O Evangelho apresenta três ícones marianas que são, de particular importância, para todos os membros da Família Palotina: "Maria em Belém", "Maria em Nazaré" e "Maria no Cenáculo", sendo que a primeira e a segunda são eventos celebrativos, durante as festividades natalícias.
No ícone "Maria em Belém", Ela olha, vive e contempla fatos e palavras que possam ser consideradas como origem do nosso carisma. Pallotti, de fato, recordava ‘Belém’, que significa ‘Casa do pão’, como símbolo da nossa ‘mínima Congregação’, para evidenciar nela a abundância do "...ali-mento espiritual e dos meios necessários para a aquisição da mais sublime perfeição, para cooperar com …

Mensagem de Natal do Reitor Geral | Pe. Jacob Nampudakam, SAC

Imagem
O nascimento de Jesus há dois mil anos em Belém continua a repetir-se em várias formas em todos os cantos do mundo.  A fotografia da criança refugiada, retrato do poder do oceano e um país acolhedor completamente desconhecido, fala por si e é um símbolo do drama trágico que está se desenrolando diante dos nossos olhos todos os dias.
A celebração do Natal nos lembra mais uma vez que não devemos entrar no desespero ou ser dominado pelo medo, por que, apesar destes sinais de escuridão, “o Emmanuel – Deus conosco”, é o único Mestre da nossa história e do o nosso destino. Nós afirmamos nossa fé na bondade de Deus e confiamos nas nobres aspirações presentes no íntimo de cada ser humano. Em nome da Comunidade da Casa Geral de Roma, desejo-lhe paz e alegria do Natal, especialmente neste Ano Santo da Misericórdia. Pe. Jacob Nampudakam, SAC Reitor Geral

Ordenação Presbiteral | Testemunho Daisy Maximo (irmã do Neo-sacerdote)

Imagem
Padre Denis, meu irmão, "O sacerdote não se ordena a si mesmo, não chama a si mesmo, não escolhe a si mesmo, mas é chamado e escolhido. E toda escolha sobrenatural não é outra realidade senão um gesto de amor que não tem explicação humana é um ato de amor que só o Senhor pode explicar: Ser sacerdote é ter a consciência de que um dia você foi chamado do meio do povo, consagrado e devolvido ao povo, para servi-lo." Esse chamado que aconteceu bem cedo, pois você ainda era um menino, quando percebeu que só as verdades eternas poderiam preencher seu coração.
Trago em minhas recordações, dentro da inocência de quando éramos crianças, a sua brincadeira de colocar um lençol nas costas fingindo estar vestido de padre, para celebrar a Missa. E o momento em que você partiu, em que o Senhor te olhou nos olhos e a sorrir pronunciou o seu nome. Muito cedo, você deixou tudo e O seguiu. Recordo-me também das lágrimas que partiram dos corações de nossos pais, como as de ontem. Não por tê-lo pe…

Primeira Consagração | Nov. Bruno Rodrigues e Nov. Marco Antonio

Imagem

JUBILEU DA MISERICÓRDIA | ORAÇÃO

Imagem
JUBILEU DA MISERICÓRDIA 

Oração

Senhor Jesus Cristo,  Vós que nos ensinastes a ser misericordiosos como o Pai celeste,  e nos dissestes que quem Vos vê, vê a Ele.  Mostrai-nos o Vosso rosto e seremos salvos.  O Vosso olhar amoroso libertou Zaqueu e Mateus da escravidão do dinheiro; a adúltera e Madalena de colocar a felicidade apenas numa criatura;  fez Pedro chorar depois da traição,  e assegurou o Paraíso ao ladrão arrependido.  Fazei que cada um de nós considere como dirigida a si mesmo as palavras que dissestes à mulher samaritana: Se tu conhecesses o dom de Deus!  Vós sois o rosto visível do Pai invisível, do Deus que manifesta sua omnipotência sobretudo com o perdão e a misericórdia:  fazei que a Igreja seja no mundo o rosto visível de Vós,  seu Senhor, ressuscitado e na glória.  Vós quisestes que os Vossos ministros fossem também eles revestidos de fraqueza para sentirem justa compaixão por aqueles que estão na ignorância e no erro:  fazei que todos os que se aproximarem de cada um deles se s…

JUBILEU DA MISERICÓRDIA | Mensagem Pe. Jacob Nampudakam, SAC (Reitor Geral)

Imagem
Queridos coirmãos,

No dia em que começamos nossa peregrinação espiritual no Ano Santo da Misericórdia, proclamado pelo Papa Francisco, convido todos os membros de nossa Sociedade, bem como toda a Família Palotina, para transformar este Ano Jubilar em “um ano de graça do Senhor” e para “levar a boa nova aos pobres“.

Oremos e meditamos todos os dias com a bela oração do Jubileu:  “…Vós sois o rosto visível do Pai invisível, do Deus que manifesta sua onipotência sobretudo com o perdão e a misericórdia: fazei que a Igreja seja no mundo o rosto visível de Vós, seu Senhor, ressuscitado e na glória. Vós quisestes que os Vossos ministros fossem também eles revestidos de fraqueza para sentirem justa compaixão por aqueles que estão na ignorância e no erro: fazei que todos os que se aproximarem de cada um deles se sintam esperados, amados e perdoados por Deus.…”
Pe. Jacob Nampudakam, SAC  Reitor Geral 
Roma, 8 de dezembro de 2015
fonte: sac.info (acesso dia 8 de dezembro de 2015)

Um princípio unificador - Ratio Institutionis, 8

Imagem
Um princípio unificador Os três temas de grande importância para toda a fundação palotina hoje são a União do Apostolado Católico, a identidade palotina e a formação. 

Nós somos solicitados a levar a visão originária de São Vicente Pallotti à realização plena e a torná-la atual. Porque, efetivamente, Pallotti se esforçou “... por interessar o maior número possível de fiéis no sentido de que uma quantidade de cristãos zelosos se unisse para formar uma pia União” (OOCC IV, p. 123), a fim de procurar “... com o clero secular, com o clero regular e com os leigos de ambos os sexos ... a multiplicação dos meios espirituais e temporais necessários e oportunos para reavivar a fé e reacender a caridade entre os católicos e propagá-la em todo o mundo” OO CC VII, p. 3). 

Pallotti queria uma mobilização geral para a evangelização. 
Ratio Institutionis da Sociedade do Apostolado Católico, 8

Leitorato | Rafael Moura, SAC - Itaperuna (RJ)

Imagem
Na noite do dia 15 de novembro (domingo), na véspera da festa da Padroeira de nossa Região a Mãe da Misericórdia, o nosso coirmão palotino Rafael Moura de Oliveira , SAC, deu mais um passo em direção ao altar, ao receber o Ministério do Leitorato. 
A celebração, presidida pelo Superior Regional, Padre José Rodrigues Filho, SAC, na Igreja de Santa Rita de Cássia, em Itaperuna (RJ). A Eucaristia foi concelebrada pelo Pe. Gilberto Orsolin Consultor Geral da Sociedade do Apostolado Católico e pelo pároco local, Padre Jurandir Nascimento, SAC. Além do Reitor do Seminário Maior Palotino, Padre Gilmar Simplicio, SAC e também os demais membros da comunidade do seminário.

Segundo a tradição da Igreja, a partir desta cerimônia o candidato está apto para proclamar a Palavra de Deus durante a Liturgia, tornando-se, assim, um leitor ou proclamador das Sagradas Escrituras. O leitorato é um ministério, ou seja um serviço concedido pelo bispo diocesano, ou pelo superior maior de um instituto clerical. …