Encontro Vocacional de Abril

          No final de semana passado, dedicado à Divina Misericórdia, ocorreu no Seminário Maior Palotino, o Encontro Vocacional mensal. Tivemos a presença de diversos vocacionados, dentre eles, Alessandro Albert, que partilhará um pouco para nós como está sendo a sua experiência com a Comunidade Palotina.

          “É com grande apreço que me disponho a escrever para este canal. Primeiramente, se faz necessário, agradecer pela acolhedora e atenciosa recepção com a qual me têm prestado essa comunidade religiosa. E é com enorme regojizo, que venho falar um pouco de mim e, enquanto vocacionado, ao longo dos encontros direcionados.
Sendo eu, de família católica, graças a Deus, pude, desde berço, conhecer a sã doutrina que me fora ensinada como alicerce de minha fé. Tal como cristão, recebi os sacramentos segundo as determinações da Santa Madre Igreja. Deste modo, cresci em idade e fé conforme os preceitos de nosso Senhor, ora participando do santo sacrifício, ora em retiros de oração e penitência.
Todavia, assim permaneci até aproximadamente os 25 anos quando,  fui sobrepujar o, mais pelas coisas mundanas  do que as da fé, portanto, o resultado se torna evidente: mergulhei em meio a curiosidades tendo por vistas os contentamentos pueris motivados por ambições desregradas, chegando a frequentar diversas seitas profanas. Contudo, foi mediante atos sacrílegos com a qual me  fora mostrado numa dessas seitas, que Deus me despertou e me fez enxergar o quão grave estado eu me encontrava.
Daí então, pela graça, retornei à Igreja, porém , com um sentimento que me fizera necessariamente pensar profundamente pelo sacerdócio. A partir disso, fui orientado pelo meu pároco a participar de encontros vocacionais. E, assim, pude conhecer a maravilhosa Comunidade Palotina, no Rio de Janeiro. No qual, me tem prestado verdadeiro auxílio por amor e caridade. Trata-se de um lugar concomitante saudável que exala: santidade, organização, amor, amizade, respeito etc...
Sinto-me muito feliz por estar fazendo parte dessa família, desejando ser um seminarista.  Gostaria de agradecer a todos: sacerdotes, seminaristas e vocacionados.”
Desse modo, pedimos a oração de todos pelos vocacionados, para que eles estejam submergidos na graça de Deus e realizem um discernimento profícuo. E Nosso Senhor Jesus Cristo, com a intercessão de Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos e Nosso Pai, São Vicente Pallotti, vos inspirem à uma vida de santidade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre a causa dos santos da família palotina

O melhor... e o pior de mim