VIDA CONSAGRADA: Viver na terra o que iremos viver no céu. Isto é, viver na sombra escatológica nos dias de hoje.


Aquele que se consagra a Deus, vive em um contínuo processo de conversão para buscar ser perfeito, isto é, “cristificar-se”, ter os mesmo sentimentos de Cristo. Deixar ser configurado a Cristo Jesus.      

É claro que niquem é perfeito. Todos nós temos nossas fragilidades, mas, o desejo de superar estas fraquezas deve estar em nosso coração para contemplar desde já a sombra da escatologia (o Céu). Temos a plena clareza que não somos perfeitos!  Só seremos perfeitos quando passamos desta vida mortal para a vida eterna! É na vida eterna que se encontra o Perfeito, onde o amor é perfeito, onde a convivência é perfeita, onde existe uma perfeita fraternidade entre os irmãos. Escatologia é um lugar onde estaremos sem preocupação, pois seremos totalmente dependentes de Deus.
É neste âmbito, de viver já na terra à sombra da escatologia, que está à vida consagrada. Eu como um consagrado, devo diária e continuamente, buscar a conversão, renunciando as coisas que este mundo me oferece para viver as coisas celestiais!
  
            
São Vicente Pallotti, deixa como regra para todos os teus filhos espirituais (os Palotinos),  a imitação de Nosso Senhor Jesus Cristo! Como imitar Jesus Cristo? É se perguntar sempre antes de realizar qualquer ação: Como que Nosso Senhor Jesus Cristo faria isso? É agir como o próprio Cristo. É realizar tudo em Oração, como Jesus fazia , rezava sempre a seu Pai que está nos Céus.
Esta ferramenta muito prática que São Vicente Pallotti nos deixa como regra, tem me ajudado a viver nas sombras da escatologia.  Viver os Céus já aqui na terra, este é um ponto da Vida consagrada! Viver em Deus para Deus.
Todos nós, consagrados, por viver nesta atmosfera espiritual, que é a sombra da escatologia, devemos irradiar para todos que convivem conosco a alegria de seguir Cristo. Assim, quem olhar para nós, consagrados, deve encontra este entusiasmo de viver em Deus, pois quem se consagra a Deus deve ser um sinal do reino dos Céus, um sinal da escatologia.  
Estamos no ano da vida consagrada, e o nosso Papa Francisco sempre quando se direciona aos consagrados fala sobre a Alegria, que devemos dar testemunho de Cristo Jesus com a nossa alegria. Pois, a vida consagrada proporciona uma alegria interior que deve ser radiante para toda a igreja!  
       


Desde já peço orações a todos, para que eu possa ser fiel a minha consagração, buscando viver inteiramente em Deus!  
Bruno Bauer Corrêa Da Cruz, S.A.C.
             

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre a causa dos santos da família palotina

O melhor... e o pior de mim